Superação
'Ele é uma nova criança', diz mãe de menino que teve alta depois de 37 dias na UTI
Théo tem 1 ano e 11 meses e foi uma das vítimas do grave acidente entre um caminhão e quatro carros, no dia 2 de janeiro, na BR-277, em Paranaguá. Ele teve traumatismo craniano e fraturou o fêmur.
11/02/2019 07h26Atualizado há 2 meses
Por: Redação
Fonte: G1 Paraná
209
Menino ferido em grave acidente recebe alta após 37 dias na UTI — Foto: Arquivo pessoal/Melina Gasques
Menino ferido em grave acidente recebe alta após 37 dias na UTI — Foto: Arquivo pessoal/Melina Gasques

Depois de 37 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Théo, de um ano e 11 meses, recebeu alta hospitalar, de acordo com a mãe Melina Gasques. Ele foi uma das vítimas do grave acidente entre um caminhão e quatro carros, ocorrido no dia 2 de janeiro, na BR-277, em Paranaguá. 

“Ele é uma nova criança, vai ter que reaprender tudo: andar, falar, comer”, contou a mãe.

Melina conversou com a RPC Curitiba neste domingo (10). Ela conta que o Théo saiu da UTI e foi para casa. Ele nem chegou a ficar internado no quarto.

Parte do tempo, Théo passou no Hospital do Trabalhador e outra no Hospital Vita, ambos em Curitiba. Ele saiu do hospital na quinta-feira (7). Agora, segundo a mãe, Théo vive uma nova etapa, que é de reabilitação.

O pai do menino, Willian Reis, morreu no local do acidente, e outras nove pessoas ficaram feridas.

Théo teve traumatismo craniano e fraturou o fêmur. Por conta disso, passou por cinco cirurgias.

“O médico disse que é difícil falar sobre sequelas agora, mas ele [Théo] está respondendo bem”, disse.

Agora, Théo precisa ser estimulado. Segundo a mãe, ele está se alimentando por sonda, mas já começou a usar mamadeira, com suplemento.

Uma equipe de profissionais – formada por fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista, enfermeiro e médico – ajuda na recuperação do bebê. Melina também precisou se afastar do trabalho para cuidar do filho.

 “É difícil. É uma mistura de sentimentos, de emoções. É uma outra etapa agora. Estou muito feliz de ele estar em casa. Estamos nos readaptando a uma nova rotina. Ele depende muito da gente”, afirmou.

No dia da alta, a mãe comemorou o avanço em uma publicação nas redes sociais. "Muitos momentos de sofrimento, angústia, mas também de muita gratidão e felicidade!", diz na postagem.

Relembre o caso 

O acidente envolveu quatro carros e um caminhão na BR-277, em Paranaguá, no dia 2 de janeiro, no km 7, no sentido Curitiba. Uma pessoa morreu e outras nove ficaram feridas.

O caminhão que se envolveu na batida atravessou o canteiro central que divide as pistas da BR-277, invadindo a contramão. As câmeras registraram o momento do acidente.

Entre os feridos, estava Théo, que foi levado em estado gravíssimo no Hospital do Trabalhador, em Curitiba. O pai do menino morreu no acidente, e o corpo dele foi enterrado em Paranaguá.

Uma grávida de cinco meses também ficou ferida. Ela e o motorista do caminhão foram levados ao Hospital Regional de Paranaguá. Segundo a Sesa, a mulher recebeu alta hospitalar no mesmo dia e o caminhoneiro não precisou ser internado.

Como as demais vítimas tiveram ferimentos leves, não houve necessidade de encaminhamento para hospital.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Paranaguá.

  • 'Ele é uma nova criança', diz mãe de menino que teve alta depois de 37 dias na UTI
  • 'Ele é uma nova criança', diz mãe de menino que teve alta depois de 37 dias na UTI
  • 'Ele é uma nova criança', diz mãe de menino que teve alta depois de 37 dias na UTI
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Pérola - PR
Atualizado às 02h02
21°
Chuva Máxima: 26° - Mínima: 19°
21°

Sensação

8.9 km/h

Vento

87.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
ANUNCIE AQUI 300X600
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
ANUNCIE AQUI 300X250
ANUNCIE AQUI 300X250-5