Quarta, 14 de novembro de 2018
44 99835-2370
Polícia

11/09/2018 ás 09h52

74

Redação

Pérola / PR

Criminosos explodem muro e resgatam presos da Penitenciária de Piraquara
Ação ocorreu na madrugada desta terça-feira (11). Veículos foram queimados em rodovias e estradas de acesso a unidade para evitar chegada de policiais.
Criminosos explodem muro e resgatam presos da Penitenciária de Piraquara
Caminhões foram queimados na BR-116, sentido São Paulo, por suspeitos de explodirem muro da Penitenciária de Piraquara (Foto: PRF/Divulgação)

Vinte e oito presos fugiram da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (11), segundo o Departamento de Execuções Penais do Paraná (Depen-PR). Criminosos fortemente armados explodiram um muro da penitenciária por volta das 3h e resgataram os detentos.





Segundo o Depen-PR, veículos foram queimados nos principais acessos ao complexo penitenciário e nas estradas da região.




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que os suspeitos queimaram quatro caminhões na BR-116, na pista sentido São Paulo, para evitar que policiais conseguissem chegar até a penitenciária de Piraquara. O incêndio começou por volta das 3h30.




Corpo de Bombeiros e equipes da concessionária que administra o trecho conseguiram apagar as chamas dos caminhões. Por volta das 6h30, os veículos começaram a ser retirados e uma faixa da pista foi liberada por volta das 8h30. O congestionamento no local é de mais de 17 quilômetros.




O Secretário Especial de Administração Penoitenciária Coronel Élio de Oliveira Manoel, explicou que a ação resgatou presos de alta periculosidade. A ação contou com um grande número de suspeitos envolvidos, ainda conforme o secretário.




"Quando essas ações acontecem os suspeitos buscam os líderes. Como a unidade adota um procedimento de segurança no sentido de fazer essa administração, nem todos os alvos conseguiram sair. Infelizmente, teve esse grande número de presos", disse.




Na ação, os criminosos fizeram vários disparos de fuzil.




Policiais militares e agentes penitenciários realizam uma contagem de presos. Não há registro de feridos no local.


Informações G1 Paraná


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium