Segunda, 03 de Agosto de 2020 08:53
44 99835-2370
Polícial ABUSO SEXUAL

Mãe encontra carta da filha com denúncia de estupro cometido pelo próprio padrinho

Adolescente havia escrito a carta para uma colega de escola

12/12/2019 10h52
358
Por: Redação Fonte: Ric Mais
MENINA DE 14 ANOS TINHA MEDO DE DENUNCIAR O PADRINHO COM MEDO DO IRMÃO SOFRER ALGUMA REPRESÁLIA (FOTO: ILUSTRAÇÃO/ PIXABAY)
MENINA DE 14 ANOS TINHA MEDO DE DENUNCIAR O PADRINHO COM MEDO DO IRMÃO SOFRER ALGUMA REPRESÁLIA (FOTO: ILUSTRAÇÃO/ PIXABAY)

Por Guilherme Becker

mãe de uma adolescente, de 14 anos, encontrou entre as coisas da filha uma carta da garota relatando estupros sofridos. Pelas anotações, o crime teria sido cometido pelo próprio padrinho da garota, que é também cunhado da mulher. Após conversar com a filha e tomar conhecimento dos fatos, a mãe realizou Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Civil do Estado do Ceará, porém, até o momento, o suspeito não foi intimado para esclarecimentos.

Segundo o Diário do Nordeste, a mãe da vítima revelou que o abuso aconteceu no dia 17 de novembro. Exames de um ginecologista comprovaram que a moradora de Ubajara, no noroeste do Ceará, tinha sinais recentes de relações sexuais

“Minha filha tem 14 anos, na época, tinha 13, mas é uma criança. Ela nem havia menstruado ainda. É uma menina que só ia da escola para casa e vice-versa”, revela a mãe.

De acordo com a mãe da vítima, desde pequena a garota frequenta a casa do padrinho, que é casado com a irmã da mulher. Como a mãe trabalha em cidades vizinhas, era normal de segunda a sexta a garota e o irmão ficarem com os tios. Entretanto, a mulher não sabia que a filha estava sendo assediada.

Enquanto arrumava as roupas da filha para uma nova temporada fora de casa, a mulher encontrou uma carta da garota. Com destino para uma colega de escola, nas linhas a adolescente relata os momentos desesperadores. “Eu já não aguentava mais, amiga. Eu não quero mais sofrer. A única vez que não sofro é quando estou com minha mãe, quando estou longe daquele monstro”, apresenta a carta segundo o Diário do Nordeste.

Após o registro do B.O., a mãe informou que a delegacia Municipal de Ubajara está investigando o caso, porém, até o momento somente a filha e colegas da menina foram ouvidas. 

O principal suspeito ainda não foi intimado pela polícia e de acordo com a mãe da vítima, continua morando com a sua irmã. “Eu não entendo, pois já temos todos os documentos. Eu pensei que ele seria chamado. Nós não temos condições de pagar um advogado, mas já solicitei orientações para um profissional, pois eu espero que ele seja preso”, finalizou a mulher.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Pérola - PR
Atualizado às 08h48 - Fonte: Climatempo
18°
Tempo aberto

Mín. 14° Máx. 27°

18° Sensação
20.7 km/h Vento
44.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 28°

Sol
Quarta (05/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 28°

Sol
Ele1 - Criar site de notícias