MENDES NOVO 11/04/19
MENDES 1 - 07/05
FRONTEIRA

Trânsito na Ponte da Amizade é bloqueado por protesto no Paraguai

Manifestantes se reúnem desde o início da manhã desta quarta-feira (14) no acesso ao centro de importados de Ciudad del Este; maioria das lojas fechou as portas.

14/08/2019 11h42
Por: Redação
291
O grupo está reunido próximo ao acesso ao centro de importados e pede a destituição do presidente Mario Abdo Benítez — Foto: José Roberto Alves/RPC
O grupo está reunido próximo ao acesso ao centro de importados e pede a destituição do presidente Mario Abdo Benítez — Foto: José Roberto Alves/RPC

Manifestantes que aderiram à paralisação geral no Paraguai estão bloqueando o trânsito na Ponte Internacional da Amizade, entre Ciudad del Este e Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na manhã desta quarta-feira (14).

A cada hora, carros, vans e ônibus são impedidos de cruzar a fronteira por cinco minutos. Como a circulação de veículos abaixo do normal, os bloqueios não chegam a formar filas do lado brasileiro da ponte.

O ato no centro de importados de Ciudad del Este é pacífico — Foto: Bruna Kobus/RPC
O ato no centro de importados de Ciudad del Este é pacífico — Foto: Bruna Kobus/RPC

Também em função dos protestos, a maioria das lojas fechou as portas.

O grupo está reunido próximo ao acesso ao centro de importados e pede a destituição do presidente Mario Abdo Benítez por conta de um acordo em que o Paraguai se comprometia a comprar energia mais cara do que o habitual da Usina de Itaipu, que pertence aos dois países, feito no fim de maio.

A maioria das lojas de importados de Ciudad del Este fechou as portas na manhã desta quarta-feira (14) — Foto: José Roberto Alves/RPC
A maioria das lojas de importados de Ciudad del Este fechou as portas na manhã desta quarta-feira (14) — Foto: José Roberto Alves/RPC

A maioria das lojas de importados de Ciudad del Este fechou as portas na manhã desta quarta-feira (14) — Foto: José Roberto Alves/RPC

·  Entenda a crise desencadeada no Paraguai pelo acordo com o Brasil sobre Itaipu

Diante da ameaça de impeachment de Benítez, o acordo foi cancelado entre os dois países no dia 1º de agosto.

Informações G1 PR
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
36 HORAS 11/05/19
MENDES 11/05/19
FRUTARIA PÉROLA 11/05/19
BOA NOVA FM 11/05/19
Últimas notícias
Mais lidas