MENDES 1 - 07/05
MENDES NOVO 11/04/19
JARDIM CASA GRANDE - 27/06/19
TRANSPORTE COLETIVO

Prefeitura de Umuarama autoriza aumento na tarifa do transporte coletivo após 23 meses

Valores são R$ 4,30 para quem adquirir vale-transporte através do cartão magnético e R$ 4,50 para o usuário que pagar diretamente na catraca.

07/08/2019 09h32
Por: Redação
99
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Após quase dois anos sem aumento, a Prefeitura de Umuarama autorizou – por meio do decreto 188/2019 – reajuste na tarifa do transporte coletivo urbano no município. Os novos valores são R$ 4,30 para quem adquirir vale-transporte através do cartão magnético e R$ 4,50 para o usuário que pagar diretamente na catraca.

O decreto mantém o desconto de 50% no valor da tarifa para estudantes do Ensino Médio e do Fundamental, devidamente uniformizados ou munidos de identificação escolar fornecida pelo estabelecimento de ensino, e também a gratuidade do transporte coletivo urbano a pessoas acima de 65 anos ou portadores de deficiência – benefícios concedidos pela empresa sem o pagamento de nenhum subsídio por parte da Prefeitura de Umuarama.

Para definir o percentual de reajuste, o Executivo considerou os valores autorizados em 2017, ano do último aumento, e a necessidade da atualização da tarifa conforme a planilha de custos do Ministério dos Transportes, para recompor os valores dos insumos utilizados pela concessionária. Pesou também a inexistência de reajustes tarifários nos últimos 23 meses dispositivos do contrato de concessão do transporte coletivo de passageiros que preveem a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro.

Além disso, outro fator que pesa na definição dos custos do transporte coletivo urbano é a constante renovação da frota, que exige altos investimentos por parte da concessionária. Neste ano, por exemplo, a empresa responsável pelo transporte coletivo urbano de Umuarama investiu cerca de R$ 2 milhões na aquisição de cinco veículos modelo Marcopolo Torino com motor MB OF 1519, um dos conjuntos mais seguros e confortáveis disponíveis no mercado.

A tarifa também leva em conta a baixa ocupação na maioria dos horários disponíveis – com exceção dos horários de pico – e o grande número de beneficiários de isenção da tarifa, além do desconto para estudantes.

Por outro lado, o município tem investido recursos significativos para dar mais conforto aos usuários. Além da implantação de 60 novos abrigos para pontos de ônibus, pela Diretoria de Trânsito (Umutrans), adquiridos por cerca de R$ 400 mil, com cobertura metálica, fechamento em vidro e assentos – inclusive para pessoas obesas e preferenciais para idosos e pessoas com deficiência –, a Prefeitura tem melhorado as condições das vias públicas por onde os ônibus circulam.

Os investimentos são constantes em recapeamento e reperfilamento asfáltico, sinalização e manutenção da malha viária. Conforme a Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, nos últimos 30 meses mais de 120 km de ruas, avenidas e contornos de logradouros públicos receberam reperfilamento, recape ou micropavimentação. A meta da administração municipal é atingir 200 km até o final de 2020, atendendo à maioria dos locais que necessitam de melhorias.

O decreto estabelece, ainda, que os créditos do cartão magnético adquiridos anteriormente ao reajuste poderão ser utilizados até 15 de agosto. Após a data, o saldo do cartão será convertido em quantidades de unidades de transporte tendo por referência o novo valor. O último aumento foi autorizado pelo município em setembro de 2017.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
BOA NOVA FM 11/05/19
MENDES 11/05/19
36 HORAS 11/05/19
FRUTARIA PÉROLA 11/05/19
Últimas notícias
Mais lidas