JARDIM CASA GRANDE - 27/06/19
MENDES NOVO 11/04/19
MENDES 1 - 07/05
MUITO FRIO

Morador de rua morre em Curitiba após ser encontrado sem cobertor em noite gelada

O homem pode ser a primeira vítima do frio na capital

08/07/2019 19h08
Por: Redação
Fonte: Banda B
410
Homem estava sem cobertor quando foi encontrado na rua nesta segunda-feira (8) – Foto: Colaboração/Banda B
Homem estava sem cobertor quando foi encontrado na rua nesta segunda-feira (8) – Foto: Colaboração/Banda B

Um morador de rua pode ter sido a primeira vítima do frio em Curitiba. Ele foi encontrado na madrugada desta segunda-feira(8), no bairro Boa Vista. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem estava na rua Ludovico Geronazzo, em frente a uma loja de tintas, sem cobertor, sem tênis e apenas com a roupa do corpo. A vítima ainda tinha os sinais vitais, porém, após ser encaminhada para a UPA do Boa Vista, não resistiu.

A mínima registrada em Curitiba nesta madrugada foi em torno dos 2º C, mas com sensação térmica em torno do zero grau, segundo o Simepar.

O soldado Aurélio, da companhia de eventos da Polícia Militar, recebeu a informação durante um patrulhamento pela região. “O cidadão estava em frente a uma loja de tintas. O proprietário da loja de tintas acionou a PM. Estávamos em patrulhamento próximo a região e, assim que chegamos, começamos os primeiros procedimentos para tentar salvar a vida dele. Depois o levamos para o 24h”, explicou.

De acordo com o soldado, o frio pode ter sido o principal motivo para a morte do homem. “A situação que ele estava, o jeito que ele estava. Tinha camadas finas de gelo próximo ao lugar que ele se encontrava. Provavelmente foi o frio que ocasionou ele a chegar nessa situação, mas apenas exames posteriores poderão confirmar ou não”, lamentou.

O homem estava com os sinais vitais quando foi encontrado, mas, segundo o soldado, não resistiu no 24 horas. “Chegamos a resgatar ele ainda com vida, o sinal vital estava baixo. Porém, durante os procedimentos na UPA , ele não resistiu e morreu”, esclareceu.

A vítima ainda não foi identificada e será encaminhada para o IML.

Mortes em São Paulo

Em São Paulo, mais dois moradores de rua foram encontrados mortos neste domingo, 7. A suspeita é de que o frio tenha causado ambos os óbitos – um registrados em Santo André, no ABC Paulista, e ouro em Assis, região oeste do Estado.

Com estes dois casos, chega a cinco o número de pessoas em situação de rua encontradas mortas no Estado desde o início da onda de frio. Na madrugada de sábado, 6, foi registrada a temperatura mais baixa do ano, 7,4º C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Em Santo André, um homem foi encontrado morto em frente a um posto de saúde no domingo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP), a suspeita é de que o frio tenha sido causa da morte. A pasta ressaltou, no entanto, que ainda não há qualquer confirmação. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para que a causa da morte seja determinada.

O corpo foi encontrado enrolado em uma manta em frente ao Posto de Saúde da Família da Rua Almada, no bairro Parque Novo Oratório 1 pela Polícia Militar. O caso foi registrado no 2° Distrito Policial de Santo André.

Uma mulher, também em situação de rua, foi achada morta em Assis, no domingo, quando a cidade registrou temperatura mínima de 3ºC na madrugada.

Segundo a Polícia Militar, Rozilda Maria Barreto, de 43 anos, foi encontrada por moradores na Av. Vila Prudenciana, sem qualquer marca de violência.

Na sexta-feira, 5, o morador de rua Gabriel Leguthe Laffot, de 22 anos, foi encontrado morto nas escadas do terminal de ônibus e Metrô da Barra Funda na zona oeste da capital, e um segundo, ainda não identificado, na rua Doutor Pacheco e Silva, no centro

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
FRUTARIA PÉROLA 11/05/19
BOA NOVA FM 11/05/19
MENDES 11/05/19
36 HORAS 11/05/19
Últimas notícias
Mais lidas