JARDIM CASA GRANDE - 27/06/19
MENDES 1 - 07/05
MENDES NOVO 11/04/19
INDICIADOS

Mãe, avó e bisavô vão responder por morte de bebê

Avó e bisavô foram indiciados por homicídio qualificado, por meio cruel e sem possibilidade de defesa. A mãe do menino, adolescente de 17 anos, vai responder por ato infracional comparado a homicídio qualificado.

24/05/2019 22h21
Por: Redação
379
Willan Rodrigues, de 1 ano e 7 meses, foi encontrado morto na casa da avó, em Porecatu — Foto: Reprodução/RPC
Willan Rodrigues, de 1 ano e 7 meses, foi encontrado morto na casa da avó, em Porecatu — Foto: Reprodução/RPC

A avó e o bisavô do bebê encontrado morto em uma casa em Porecatu, no norte do Paraná, foram indiciados, nesta sexta-feira (24), pelos crimes de homicídio qualificado, por meio cruel e sem possibilidade de defesa da criança.

A mãe do menino, uma adolescente de 17 anos, também vai responder pelo crime. Segundo a Polícia Civil, ela vai responder por ato infracional comparado a homicídio qualificado.

Conforme a Polícia Civil, o bebê Wyllan Rodrigues, de um ano e sete meses, foi encontrado morto no berço onde dormia na tarde do dia 17 de maio. A avó Michele Rodrigues, de 39 anos, foi presa em flagrante um dia depois por não ter prestado a devida assistência, com comida e remédios, ao menino.

O bebê estava sob os cuidados da avó porque a mãe da criança estava morando e trabalhando em outra cidade. A polícia não soube informar sobre o pai da criança.

No dia da prisão, a Polícia Civil disse que a criança estava morta há dias e foi mantida dentro da casa. De acordo com a polícia, a casa estava bagunçada, com lixo, roupas e móveis revirados.

Em depoimento à polícia, a avó disse que colocou o bebê para dormir às 22h30 do dia 16 e que voltou ao quarto para ver a criança apenas às 15h do dia seguinte . Quando entrou no quarto, o bebê estava morto.

O bisavô, ou pai de Michele Rodrigues, foi indiciado pelo mesmo crime da filha porque, de acordo com a Polícia Civil, ficou comprovado que ele frequentava constantemente a residência da vítima e, sabendo da rotina desordenada, não fez nada para mudar a situação.

A avó do menino segue presa no 3° Distrito Policial de Londrina.

Informações do G1 Paraná
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Pérola - PR
Atualizado às 12h17
37°
Poucas nuvens Máxima: 39° - Mínima: 21°
38°

Sensação

11.8 km/h

Vento

32.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
MENDES 11/05/19
FRUTARIA PÉROLA 11/05/19
BOA NOVA FM 11/05/19
36 HORAS 11/05/19
Últimas notícias
Mais lidas