Sábado, 26 de maio de 201826/5/2018
44 99835-2370
Parcialmente nublado
16º
23º
24º
Perola - PR
Erro ao processar!
Mendes 01-05-18
REGIÃO
Peça teatral orienta crianças sobre como reagir diante de abuso sexual
As ações de combate ao abuso e exploração sexual de menores são promovidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social
Redação Pérola - PR
Postada em 17/05/2018 ás 08h32 - atualizada em 17/05/2018 ás 08h34
Peça teatral orienta crianças sobre como reagir diante de abuso sexual

(Fotos: Tiago Boeing/ PMU)

 


Para refletir sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), o Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) vem realizando uma série de atividades em Umuarama, que palestras em escolas da rede municipal, panfletagem e até a apresentação de teatro. As palestras serão realizadas entre os dias 7 a 24 de maio e nesta sexta-feira, 11, foi a vez da peça teatral “Vim ver Maria”, às 9h e também às 14, que lotou o teatro do Centro Cultural Vera Schubert nas duas apresentações.


O teatro, apresentado pelo Grupo Soarte, de São Paulo, mostrou a 1.200 crianças orientações sobre como identificar o abuso de forma precoce e como reagir diante das situações, principalmente denunciando-as. De forma lúdica, a peça apresenta ações preventivas contra a violência. “A peça utiliza uma narrativa divertida, apesar da seriedade do tema, e mostra situações e sentimentos que a criança enfrenta ao conviver com esta prática lamentável”, avalia a secretária municipal de Assistência Social, Izamara Amado de Moura.


A encenação mostra momentos de medo, vergonha e revolta, mas no desenrolar dos acontecimentos as personagens mostram atitudes que a ajudarão a enfrentar a situação e denunciar o agressor, de maneira direta, com humor e orientações. Dando continuidade à campanha, no próximo dia 18 haverá panfletagem pela manhã e à tarde na área central de Umuarama, com alunos de Comunicação Social da Universidade Paranaense (Unipar) e às 14h a palestra “Reflexões sobre a violência sexual contra crianças e adolescentes”, no auditório da Prefeitura.


PUBLICIDADE

No dia 25, das 8h às 17h, profissionais da rede de atendimento do Sistema de Garantia de Direitos passarão por uma capacitação do Projeto Tartaninha, no auditório do Centro da Juventude Agnaldo Mackert Barbosa (Ceju) e, no dia 26, o Projeto Umuação da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer levará uma série de atividades às crianças do Conjunto Sonho Meu, das 13h30 às 17h30.


Nas palestras escolares, os alunos assistem a dois vídeos que orientam sobre como evitar o abuso sexual praticado muitas vezes dentro da própria casa, e também a evitar o contato com estranhos – principalmente os conhecidos através das redes sociais, entre outros cuidados. “A orientação é que a criança ou adolescente saiba dizer não, diante das investidas de um adulto, quando se sentir incomodado, e que denuncie o caso aos pais, aos professores, que grite, corra e peça socorro se for necessário”, disse a psicóloga Camila Valéria Minzon.


As ações de combate ao abuso e exploração sexual de menores são promovidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, sob a supervisão da secretária Izamara, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Secretaria de Esporte e Lazer.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium