Sábado, 26 de maio de 201826/5/2018
44 99835-2370
Parcialmente nublado
16º
23º
24º
Perola - PR
Erro ao processar!
Mendes 01-05-18
ECONOMIA
Soja tem semana de baixas intensas no Brasil
A moeda americana subiu 1,53% para fechar o dia com R$ 3,6008 e renovou seu mais alto nível desde dezembro de 2016.
Redação Pérola - PR
Postada em 15/05/2018 ás 08h52 - atualizada em 15/05/2018 ás 08h50
Soja tem semana de baixas intensas no Brasil

Foto: Imagem ilustrativa

 


Nos portos, as baixas também foram bastante intensas. No terminal de Paranaguá, a soja disponível fechou a semana com R$ 84,50 por saca, perdendo 2,30%. Já em Rio Grande, as baixas foram de 2,76% no disponível e de 2,86% na referência maio, com as últimas referências em, respectivamente, R$ 84,50 e R$ 85,00 por saca.


Apesar das baixas, os preços de soja no mercado brasileiro ainda sustentam patamares que trazem importantes e interessantes margens de renda para os produtores brasileiros, segundo sinalizam analistas e consultores de mercado.


Os negócios, porém, se mostram um pouco mais lentos neste momento, uma vez que grandes volumes já foram negociados no Brasil há algumas semanas, quando os indicativos nos portos eram ainda melhores e chegaram a se aproximar dos R$ 90,00 em seus melhores momentos.


PUBLICIDADE

Dessa forma, como explicou o consultor Carlos Cogo, da Carlos Cogo Consultoria Agroeconômica, mesmo com essa acomodação, as margens de renda do produtor estão bem melhores do que as observadas no final do ano passado.


Segundo Cogo, a margem bruta de lucro da soja, no Sul e Sudeste do Brasil, passou de 15% para 40% Cerrado, e de 40% para 55% no Sul e Sudeste nos últimos seis meses. O avanço é resultado da combinação dos bons momentos que foram observados em Chicago, antes da baixa mais intensa desta semana, do dólar frente ao real, principalmente, e dos prêmios no Brasil.


A moeda americana, somente nesta sexta-feira (11), subiu 1,53% para fechar o dia com R$ 3,6008 e renovou seu mais alto nível desde dezembro de 2016. No acumulado de três semanas, a alta da divisa é de 5,54%. A cena política do Brasil está em pauta, especialmente com a espera pelos efetivos candidatos à presidência da República.


"Os mercados esperam por um candidato/chapa com viés reformista despontando nas pesquisas, o que não aconteceu até o momento", escreveu a Advanced Corretora em relatório.


Fonte: Notícias Agrícolas

 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium