Quinta, 21 de setembro de 201721/9/2017
44 99829-2374
Ensolarado
21º
33º
33º
Perola - PR
dólar R$ 3,14
euro R$ 3,75
Mendes
CIDADES
Gari se machuca com agulha jogada no lixo; população precisa colaborar
População deve ter cuidado especial ao descartar agulhas e vidro quebrado
Redação Pérola - PR
Postada em 11/07/2017 ás 08h50
Gari se machuca com agulha jogada no lixo; população precisa colaborar

Fotos: José Anselmo Sabino/ PMU

O descarte inapropriado de resíduos causou mais um acidente de trabalho nesta segunda-feira, 10. Um gari da Prefeitura de Umuarama que coletava lixo orgânico foi ferido pela agulha de uma seringa descartada sem proteção, em meio aos sacos de lixo. Como o material pode transmitir doenças, além de causar lesões, o servidor foi afastado do trabalho e submetido a exames no ambulatório de infectologia da Secretaria Municipal de Saúde, que investiga casos que envolvem risco de contaminação por diversas doenças.


Por conta do acidente de trabalho o gari foi medicado preventivamente e vai trabalhar em observação por 90 dias, para descartar a possibilidade de infecção. Este já é o terceiro acidente com agulhas sofrido por servidores da coleta de lixo no ano, conforme o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), que ao lado da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) fiscaliza e acompanha ocorrências do gênero. Outros dois se cortaram com vidro quebrado. No geral, já foram cerca de 20 acidentes de trabalho em 2017.


O secretário de Serviços Públicos, José Guimarães, informou que os garis recebem os equipamentos de proteção individual (EPIs) e são orientados a utilizá-los de forma correta. Mas a população precisa fazer a sua parte, descartando de forma segura os materiais cortantes (como vidro quebrado e latas rasgadas) e perfurantes, como agulhas, pregos, parafusos e facas, entre outros. Na maioria são materiais recicláveis e não devem ir para o lixo comum.


“Infelizmente esses acidentes acontecem com frequência, por mais que o gari tome os cuidados. Além dos ferimentos com materiais perigosos e mal acondicionados, há ainda o problema dos cachorros, que às vezes atacam e mordem os servidores”, alertou. Além do transtorno, os acidentes de trabalho retiram temporariamente os servidores da sua função. “Com pessoal reduzido, a coleta de lixo se torna mais demorada e gera reclamações da população. Portanto, é importante que todos tomem o devido cuidado, separem o lixo reciclável do orgânico e acondicione seringas de vidro quebrado em recipientes seguros, como garrafas PET”, orientou Guimarães.


O técnico em segurança do trabalho da Cipa da Prefeitura, Reginaldo Raymundo, lembra que os garis recebem luvas de boa qualidade, com material anti-corte, anti-rasgo e resistente à abrasão. “Porém, contra agulhas não existe material totalmente eficaz. É preciso que a população tome cuidado e evite esses acidentes. Os garis também são pais de família que, após um problema desses, podem ficar afastados do trabalho e correm o risco de levar doenças para suas casas”, completou.


O QUE FAZER


Pacientes que utilizam material como agulhas, lancetas (perfurador da pele) e seringas precisam ter cuidado dobrado na hora do descarte. A orientação a esses pacientes, geralmente portadores de diabetes, é que guardem as agulhas e seringas em um recipiente plástico com tampa e descartem em uma farmácia ou unidade de saúde, onde há coleta seletiva de material perfurocortante e destinação correta.


“Basta colocar as seringas em uma garrafa PET que elas poderão ser jogadas no lixo. O importante é não descartá-las sem proteção, pois o risco de acidente e contaminação dos garis é muito grande. Apesar de todos os cuidados, a coleta de lixo precisa ser ágil e envolve volume considerável de resíduos, portanto o gari trabalha bem rápido”, orienta o diretor da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, Flávio Posseti.


Segundo a Resolução nº 5/93 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), são materiais perfurocortantes as seringas, agulhas, escalpes, ampolas, vidros de um modo em geral e qualquer material pontiagudo ou que contenha fios de corte capazes de causar perfurações ou cortes.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium